top of page
Search

Senai-DF promove série de lives no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Publicado: Sexta, 03 Dezembro 2021 21:01





Em alusão ao Dia Internacional das Pessoas com Deficiência — 3 de dezembro —, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Distrito Federal (Senai-DF) promoveu, nesta sexta-feira, uma série de três bate-papos com o tema O Que Tem Ser Diferente? Um Diálogo Sobre Diversidade e Inclusão. As transmissões ocorreram pelo canal da Fibra no YouTube, com transmissão simultânea do Português para a língua brasileira de sinais (Libras) e vice-versa.

Todos os encontros foram mediados pela orientadora educacional do Senai-DF Dálete Almeida Assis. O primeiro, pela manhã, foi com a psicóloga clínica de adultos e pessoas com deficiência visual, palestrante e escritora Ana Kely Cavalcante. O uso de recursos de tecnologia assistiva foi um dos assuntos abordados.

“Todos estão sujeitos a ter uma deficiência física. A maior ferramenta é a empatia: colocar-se no lugar do outro e acolhê-lo da melhor forma possível”, destacou Ana Kely, deficiente visual e gestora do Projeto Baixa Visão Capital Brasília.


À tarde, o bate-papo foi com o mestre e doutor em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB) Messias Ramos Costa, que compartilhou casos em que a barreira linguística entre ouvintes e pessoas surdas impossibilitou a comunicação. “As pessoas com surdez são capazes e precisam de estímulos sociais e da família. Precisam ter conhecimento da língua e da identidade e de estar presentes nos espaços”, ressaltou.

O último encontro ocorreu à noite, com o analista de desenvolvimento industrial do Departamento Nacional do Senai Aroldo Paulino. Ex-instrutor do Senai-DF, onde trabalhou por dez anos, ele falou sobre a importância da capacitação do professor para o ensino e apresentou histórias de alunos com deficiência que passaram pela instituição. “Uma equipe pedagógica capacitada tem condições de acolher melhor uma pessoa com deficiência. O aluno tem um sonho e eu tenho que prover todo o conteúdo para que ele consiga alcançá-lo”, disse. “No dia a dia, nas trocas em sala de aula, vamos aprimorando o conhecimento e vendo principalmente o desenvolvimento e o desempenho dos estudantes”, completou.




Dia Internacional das Pessoas com Deficiência


O Dia Internacional das Pessoas com Deficiência foi instituído em 1992, pela Assembleia Geral das Nações Unidas.


Nas escolas do Senai, o Programa Senai de Ações Inclusivas (PSAI) assegura a acessibilidade em todo o processo educacional, de forma que as pessoas se tornem autônomas e capazes de conquistar uma vaga no mercado de trabalho por meio de suas potencialidades. No Senai-DF, o programa atendeu, de janeiro de 2021 até o momento, 129 pessoas. Dessas, 101 com deficiência.

“Cada pessoa tem uma forma de aprender e é preciso que isso seja compreendido. Não se deve enxergar apenas as limitações, mas as qualidades que se sobrepõem. Quanto maior a diversidade no ambiente escolar, maior o aprendizado, afinal, esse é um local de troca de experiências”, pontuou a orientadora educacional do Senai-DF Dálete Almeida Assis.


Reveja as lives no canal da Fibra no YouTube.

Texto: Samira Pádua

Fotos: Reprodução/YouTube

Assessoria de Comunicação do Senai-DF


9 views0 comments

Recent Posts

See All

Comentários


bottom of page